O presidente da Câmara, Luiz Dutra (SD), atendendo ao pedido do vereador João Gilberto Ripposati (PSDB), abriu espaço na pauta da reunião ordinária de terça-feira (18) para o presidente do Comitê de Aleitamento Materno da Unimed, dr. Luciano Santiago. Junto, estavam o presidente da Unimed, dr. Sétimo Bóscolo e o diretor de Saúde, dr. Luciano Luzes.

Santiago ressaltou que o objetivo da visita é para falar dos benefícios do leite materno. Alimento fundamental para a saúde do bebê e para mãe que amamenta. Segundo ele, estas mães têm menos chances de ter câncer de mama e ovário, diabetes, problemas cardíacos, infarto do miocárdio, depressão pós-parto, entre outras doenças. Já para o bebê, o leito materno protege-o contra infecções, “o que faz grande diferença na mortalidade de vida neonatal. As crianças que são amamentadas terão uma saúde diferenciada na vida adulta”, afirmou o presidente do Comitê.

Não é benefícios a saúde que a amamentação proporcional, segundo Luciano Santiago, favorece também o Poder Público que investe uma grande quantia do orçamento para a saúde pública. “Um tratamento de infarto agudo do miocárdio está em torno de R$20 mil. Então, prevenir é bem mais barato. Dentro deste princípio a Unimed Uberaba aderiu ao que a Organização Mundial de Saúde vem propondo há anos, que é a prevenção”, enfatizou.

Destacou o setor “Espaço Viver Bem” da Unimed, que desenvolve trabalhos de apoio ao aleitamento materno, desde pré-natal. “Neste ano todas as ações do setor estão voltadas a campanha: Aleitamento materno e a volta ao trabalho”. Santiago parabenizou a Câmara Municipal e a Prefeitura, por aprovar em 2010 a Lei que concedeu a licença maternidade de seis meses. Inclusive, destacou que a CMU e a PMU foram as primeiras empresas a concederam licença de 6 meses as funcionárias Lembrou que a Lei Federal nº 11.770/08, partiu de um trabalho desencadeado pelo uberabense e pediatra Dioclécio Campos Júnior, na época presidente da Sociedade Brasileira de Pediatria, juntamente com a atriz Maria Paula.

O presidente do comitê salientou que uma mulher que tem seis meses de licença, consegue amamentar seu filho por mais tempo e o exemplo da Câmara e Prefeitura, precisa ser estendido a todas as empresas de Uberaba. Ressaltou que a Lei Federal beneficia também os empresários, pois concede isenção de imposto as empresas que adotam o benefício, além de poder usar o marketing de empresa cidadã, reconhecida pelo Ministério da Fazenda.

Segundo dr. Luciano, há um estudo americano que comprova que a cada um dólar que a empresa investe em aleitamento materno, ela tem retorno de 2 a 3 dólares. “O empresário inteligente investe em amamentação. A empresa não tem prejuízo financeiro”.

Diante do sucesso do programa de aleitamento materno da Unimed, Ripposati solicitou que uma parceria com a prefeitura para o que programa fosse implantado nas Unidades de Pronto Atendimento e Unidades Básicas de Saúde de Uberaba. “Trata-se de uma causa nobre, que salva vidas e que precisa ser abraçada pela Administração Municipal”, ressaltou. Outro convenio solicitado pelo vereador Ismar Vicente dos Santos – “Marão” (PSB) é para que os funcionários da PMU possam participem do curso “casal gestante”, uma das ações do programa “Espaço Viver Bem”.  “Já enviei requerimento ao prefeito Paulo Piau, pedindo a parceria”, informou Marão. Ciente da importância do assunto, o vereador Marcelo Machado Borges – “Borjão”, informou que protocolou na Câmara um Projeto de Lei instituindo no município a Semana do Aleitamento Materno. “A minha proposta é que semana conste no calendário do município”, afirmou o vereador.

O presidente Luiz Dutra disse que as portas do Poder Legislativo de Uberaba estão abertas a todas as campanhas e ações promovidas pelo Comitê de Aleitamento Materno da Unimed, começando por hoje, com a exposição “Amamentar e trabalhar pode dar certo”, aberta no saguão do Paço Major Eustáquio e que será encerrada no dia 28 de agosto.

 

Parceria público/privado – Luiz Dutra aproveitando a presença do dr. Sétimo Boscolo, para falar do projeto social implantado na cidade de Maringá, em que a Unimed, em parceria com o município, acampou o programa academia nas praças. Para o vereador é uma parceria que pode dar certo, também em Uberaba. O presidente da Unimed adiantou que já entrou em contato com a Fundação de Esportes da prefeitura e está sendo estudada a proposta de assumir o Parque das Acácias, local onde há grande número de pessoas que praticam esportes. Anunciou ainda, que diante da dificuldade financeira da PMU, a Unimed está negociando a possibilidade de assumir, também, o Banco de Leite do município. “São duas parceiras público/privada que irá colaborar com a Administração Municipal”, concluiu.

 

Jorn. Cássia Queiroz

Departamento de Comunicação da CMU

18/08/2015

 

 

CÂMARA MUNICIPAL DE UBERABA - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS 2020