Na segunda reunião ordinária de fevereiro, destinada a discussão e votação dos requerimentos e indicações, o vereador João Gilberto Ripposati (PSDB) usou a tribuna do plenário para informar a comunidade que as matérias apresentadas pelos parlamentares são frutos das visitas feitas aos bairros da cidade, ouvindo reivindicações dos moradores e traduzindo os pedidos através de indicações encaminhadas ao Prefeito Municipal.

O vereador ressaltou a boa qualidade das solicitações apresentados pelos parlamentares, e "isso mostra à população o compromisso que o Poder Legislativo tem para com a cidade", destacou. Por outro lado, disse Ripposati, tem percebido que há uma distância do Poder Executivo, no que se refere a sua responsabilidade em administrar uma cidade.

Ripposati enumerou diversas obras solicitadas pela CMU, que não são atendidas, inclusive demandas antigas. Citou as galerias entupidas que não são limpas, causando danos ao asfalto, além de empoçar a água pluvial. Falou sobre lugares que precisam de canaletas, pois a água da chuva entra nas casas “e os moradores nos cobram o serviço que já pedimos diversas vezes para ser realizado”. Lembrou que na última enchente que teve no centro da cidade, a água, além de invadir as lojas, também entrou pelos ralos dos banheiros, a água transbordava misturada ao esgoto da rua. "Levei essa situação ao coordenador do Projeto Água Viva e exijo uma resposta, já que foi gasto muito dinheiro nesta obra", argumentou.

Outra situação questionada pelo vereador foi o porquê a empresa responsável pela coleta de lixo, a qual é paga pelos impostos dos uberabenses, coleta apenas o lixo úmido e deixa os secos para trás.

A indignação do vereador foi quanto à poda de árvores que até hoje o município não deu conta de resolver. "Uma falta de consideração a população que paga seus impostos para poder desfrutar de uma cidade bem organizada", desabafou. Segundo ele, as copas altas das árvores favorecem o bandido a entrar nas casas para roubar, além disso, dificultam o trânsito de caminhões que abastecem os supermercados, até mesmo dos ônibus coletivos.

Segundo o vereador tucano, se o morador fizer a poda em alguma árvore ele é multado, porque é um serviço de responsabilidade da Prefeitura, que precisa ter o parecer da secretaria do meio ambiente. "O que nos resta é cobrar para que administração faça a parte dela", disse. Acrescentou que muitas árvores precisam ser substituídas, pois irão cair a qualquer momento. "Se cair em cima de um carro a PMU terá que arcar com os danos, assim como já aconteceu anteriormente", alertou.

Ripposati salientou que é hora do prefeito Paulo Piau observar a qualidade do trabalho dos servidores, se estão executando com competência as atividades que lhes foram atribuídas. "Se ele não está dando conta do serviço, caso esteja ocupando cargo comissionado, que seja substituído e aquele que é concursado, que cumpra o que estabelece o Estatuto do Servidor Público, bem como proporcionar melhores condições de trabalho e sua valorização profissional".

Finalizou seu pronunciamento, ressaltando que o município tem a responsabilidade de cuidar das áreas públicas, incluindo as ruas da cidade que também são públicas. "Lamentamos e ficamos constrangidos pelo fato do município não dar conta de cumprir com o seu dever no tempo certo", desabafou o vereador.

CÂMARA MUNICIPAL DE UBERABA - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS 2020