Sessão é marcada por homenagens e participação na Tribuna

Vereadores também apreciaram projeto e discutiram e votaram requerimentos

A reunião ordinária desta tarde (11) foi marcada por vários trabalhos legislativos, entre eles votação de projeto e requerimentos e também a entrega da homenagem Medalha Policial do Ano e participação na tribuna do médico Dr. Jaime Olavo Márquez, diretor da Clínica da Dor da Prefeitura de Uberaba.

Solenidade – Foram agraciados com a Medalha Policial do Ano, oito representantes da segurança pública de diversas instituições, sendo eles:
*1º Ten. E.B – Fernando Antônio da Fonseca – Militar –  Exercito Brasileiro
*Gileno Masílio da Silva Fagundes – Investigador de Policia Civil – 5º Departamento de Polícia Civil de Uberaba
* Daniel Velásquez Santos – Agente da Policia Federal
*Cap. P.M – Ismael Campos Junior – Policial Militar – 4º Batalhão da Polícia Militar
*1º Ten. B.M – Grazianni Batista de Mesquita Capolli – 1º Tenente do Batalhão do Corpo de Bombeiro Militar- 8º BBM
* Alan Lins Calheiros – Guarda Municipal – Settrans
*3º Sarg. P.M – Marcos Humberto Felix – Polícia Militar – 5ª Cia Ind. Meio Ambiente e Trânsito Rodoviário
*Luís César Neiva – Chefe do Núcleo de Policiamento e
Fiscalização da Delegacia de Uberaba/MG – 4ª Superintendência Regional de Polícia Rodoviária Federal.
Fonseca discursou em nome dos homenageados e agradeceu a honraria, lembrando que os agraciados estavam ali, representando suas respectivas instituições. Em nome do Executivo, estava o Chefe de Policiamento, Jean Carlos Chianvecchio. Ele parabenizou os homenageados e elogiou a integração dos setores de Segurança Pública da cidade. O presidente Luiz Dutra (PDT), delegado aposentado da Polícia Civil, afirmou que cada instituição representada deveria se sentir homenageada também. “Estamos felizes por oferecer esta homenagem, na certeza de que servirá de estímulo para que continuemos trabalhando em prol da segurança pública”, disse.

Saúde – O médico Dr. Jaime Olavo Márquez, diretor da Clínica da Dor da Prefeitura de Uberaba, convidado do vereador Cléber Cabeludo (PMDB), usou a tribuna para falar sobre o órgão, lembrando que o tema tem sido tratado em nível nacional, haja vista o numero de cidadãos com dores crônicas no País. De acordo com ele, já foram investidos R$ 86 milhões em tratamentos, dentro do Programa Nacional da Dor.  Ele pediu a Cléber, presidente da Comissão de Saúde, que apoie o trabalho da prefeitura no sentido de fazer mais esclarecimentos a população. O médico revelou que em um ano e meio, a Clínica da Dor em Uberaba atendeu mais de 1.200 pacientes.
Cléber hipotecou seu apoio ao trabalho da Clínica e revelou que solicitou ao prefeito Anderson Adauto uma área para que a clínica construa sua sede, no sentido de ampliar o atendimento.

Projeto – Também foi aprovado o Projeto de Lei 087/11, que alterou a Lei 10.935/10 que “autorizou o município a contratar do BDMG, operações de crédito com outorga de garantia”. De acordo com o assessor jurídico da PMU, Gabriel Ovídio, quando a lei foi votada não houve a contratação dos R$ 5 milhões necessários para obras de infraestrutura, no entanto, ao buscar a contratação neste momento, o edital do bando havia sido alterando, sendo necessária também a alteração da Lei. Buscando atender o edital, trocou-se a nomenclatura, substituindo Novo Somma Infra, por Novo Somma Urbaniza, além de diminuir o prazo de pagamento de 15 para 10 anos e o de carência de três para dois anos. A matéria obteve 11 votos sim e um não do vereador Itamar Ribeiro de Rezende (DEM).
O vereador João Gilberto Ripposati (PSDB) acostou emenda ao projeto garantindo que os nomes das vias e trechos que serão beneficiados com os recursos para infraestrutura, constassem no projeto, nos mesmos moldes da Lei, com exceção das metragens.
A última parte da sessão ficou para a aprovação de requerimentos, moções e indicações, não havendo nenhum documento polêmico.

 

CÂMARA MUNICIPAL DE UBERABA - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS 2020