Vereadores aprovam concessão de área para instalação de empresa ferroviária

Mais um projeto sobre uso de área foi aprovado pelos vereadores. Na penúltima reunião ordinária do ano, a Empresa VLI S/A teve seu pedido atendido quando o projeto sobre concessão de direito real de uso de área foi aprovado pelos vereadores, com a presença do subsecretário de Desenvolvimento Econômico, Edson Fernandes. 
Trata-se de uma área com 120 ha, localizada na Rodovia BR 050, sentido Uberaba/Uberlândia para a implantação e consequente operacionalização de um terminal ferroviário para armazenagem e transbordo de cargas e atividades correlatas, que integrará o município e região à malha ferroviária operada pela controlada da VLI S/A – Ferrovia Centro Atlântica – no corredor centro-sudeste ao terminal portuário de TIPLAM, em Santos-SP, permitindo-se, assim, o escoamento da produção agrícola e industrial da região.
Como vereador-líder, Samuel Pereira (PR) lembrou que a VLI é um braço logístico da Vale e sua instalação entre Uberaba e Uberlândia é de grande valor, lembrando que ficará no território uberabense. "Como o gasoduto é bem vindo a Uberaba, as empresas interessadas já estão procurando pelo nosso município para se instalarem. Nesse caso, facilitará o escoamento da produção agrícola e industrial. É preciso ressaltar que a Prefeitura não terá nenhum gasto, pois haverá ressarcimento por parte da Vale", disse. 
Luiz Dutra (SDD) observou que o local é estratégico, mas que é preciso um trabalho para que não haja maiores especulações sobre o real valor. "Uberaba passa por um momento nunca visto antes em questão de desenvolvimento", disse. Já a vereadora Denise Max (PR), mais uma vez, observou a oferta de empregos prevista para a cidade, que será de 150 diretos e 2.600 indiretos. Cléber Ramos – Cabeludo (PROS) reconheceu como de envergadura muito grande o alcance do projeto. Por sua vez, Samir Cecílio (SDD) apontou que o projeto é estruturante na área de logística e vai contribuir muito para a cidade. 
O vereador João Gilberto Ripposati (PSDB), dentre várias observações, indagou se a instalação deste empreendimento está dentro dos critérios do Plano Diretor do município. A respeito do zoneamento, Fernandes esclareceu que a escolha do local foi técnica, pois é preciso retirar primeiramente a via férrea dos bairros e o local escolhido irá, futuramente, integrar o futuro aeroporto internacional de cargas, configurando uma grande área de logística.
Disse ainda que a secretaria está fazendo um trabalho intenso para que a empresa faça uma alça ferroviária, "dando a cara que Uberaba precisa ter". Observou que a cidade está preparada para atender vários segmentos industriais e da construção civil. "Vamos cobrar que as empresas de Uberaba sejam prestigiadas na contratação de prestação de serviço para essas grandes que aqui estão chegando". 
Edcarlo Carneiro – Kaká Se liga (PSL) explicou que esta é uma grande empresa de transporte e que tem no país oito mil km de extensão, atingindo sete estados mais o Distrito Federal. "É uma empresa de suma importância para o desenvolvimento econômico e financeiro da cidade, com geração extraordinária de VAF. Um dos pilares dela é o desenvolvimento sustentável, com ênfase na preservação ambiental. Sugiro que seja conversado com os responsáveis para agir aqui neste sentido".
O investimento está estimado em R$ 260 milhões em equipamentos, armazenagem e infraestrutura. A empresa irá utilizar-se, preferencialmente, de fornecedores e prestadores de serviços, inclusive empresas de projeto de engenharia e de construção civil, sediados no município e subsidiariamente, estabelecidos em Minas Gerais, desde que atendam aos requisitos de qualificação técnica, preços e condições de fornecimento ou prestação de serviços exigidos pela empresa, e utilizará, prioritariamente, para o preenchimento dos postos de trabalho, mão de obra de cidadãos moradores da cidade, inclusive jovens de até 18 anos cadastrados no Programa Social de Apoio e Atendimento à Criança e ao Adolescente de Uberaba – PROBEM e portadores de necessidades especiais.
Em contrapartida o município concederá à empresa área com 120.000 ha e as isenções de que trata a Lei Municipal 9.110/2003, em conformidade com protocolo de intenções a ser assinado pelas partes. 


 
 

SIGA A CÂMARA

  • (34) 3318-1700

    Praça Rui Barbosa, 250 - Centro

    CEP.: 38010-240

    Uberaba - MG

  • FACEBOOK

    Acesse nossa página no Facebook, acompanhe o dia-a-dia e as notícias de última hora, interaja e participe.

  • YOUTUBE

    Acesse nosso canal no YouTube, acompanhe o dia-a-dia e as notícias de última hora, interaja e participe.

  • FLICKR

    Baixe as fotos do dia-a-dia da Câmara Municipal de Uberaba no Flickr oficial

CÂMARA MUNICIPAL DE UBERABA - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS 2020